Edina Bravo, Meu Recanto
Crônicas e Contos, para alimentar a alma
CapaCapa TextosTextos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Tentei lhe acompanhar
Naquela estrada florida
Que você me apresentou
Mostrando uma nova vida

O caminho era florido
Com luz do sol e da lua
Mas você foi arrancando
Essas flores uma a uma

Agora só vejo espinhos
E eles me fazem mal
Você já não é meu bem
Posso dizer que é meu mal

Por isso estou indo embora
Volto pela mesma estrada
Semeando novas flores
E esperando a florada.

Enquanto isso eu rego
Essa terra ressequida
Não há nada que o amor
Verdadeiro não consiga


 
Edina Bravo
Enviado por Edina Bravo em 22/03/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários