Edina Bravo, Meu Recanto
Crônicas e Contos, para alimentar a alma
CapaCapa TextosTextos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

SINCERIDADE DE CRIANÇA
Juliana, conhecida como Ju, 6 aninhos, foi passar uma semana na casa da avó, enquanto seus pais viajaram a trabalho.
Dona Tati, a avó, resolveu visitar uma vizinha que havia quebrado a perna e disse para Ju que iriam levar uns chocolates para a vizinha, que era uma pessoa muito boa, cheia de qualidades, que fazia caridade para todo mundo, mas que ela era muito feia.
- Tudo bem, vó, vamos lá.
Quando chegaram ela olhou bem pra cara da vizinha e disse: vó, ela não é tão feia como você disse.
- Não, querida, eu falei que ela era CHEIA, cheia de qualidades.
Ju não acreditou, mas engoliu e foi brincar com um cachorrinho que estava sentado no sofá.
Mal chegou perto do bichano disse: vó ele está cheio de pulgas.
A velha feia foi logo se desculpando dizendo que era pó de café que havia caído nele quando a empregada deixou cair o pote.
- Ué, disse Ju, pó de café pula?
Depois dessa saia justa a avó deu uma desculpa e saiu de fininho, antes que Ju a botasse numa nova situação difícil.
Edina Bravo
Enviado por Edina Bravo em 15/11/2016
Alterado em 10/07/2017


Comentários